Amor Perfeito

O outono é a melhor época para plantar Amor Perfeito, certamente uma das mais belas e recomendadas flores que resistem e gostam do frio – à exemplo das Papoulas. Eu escolhi semear a variedade Amor Perfeito Gigante Suíço, encontrada com facilidade até em supermercados.

Em nosso post sobre como plantar sementes o processo é explicado em detalhes, então não irei repetir tudo aqui.

De qualquer forma, ao contrário da maioria das plantas, o Amor Perfeito gosta de frio, então se estiver numa região quente, procure plantar na época mais amena (ou menos quente).

Usei um copinho plástico para semear quatro sementes. Preenchi com uma mistura de terra vegetal, húmus de minhoca e vermiculita. Mas pode misturar terra com areia, caso não tenha ou não queira comprar a vermiculita.

Sementes de Amor Perfeito

O húmus de minhoca pode ser incorporado no momento do transplante da muda, mas é opcional (e excelente).

Coloquei a terra no copinho até cerca de 1cm do topo.

Coloquei então quatro sementes (pode usar menos, caso queira).

Reguei bem.

Tampei o copo com um plástico filme. Pode usar um recipiente grande de vidro ou uma garrafa PET cortada para simular uma “estufa”, ajudando as sementes a germinarem mais rápido e impedindo o surgimento de ervas daninhas, caso deixe esse copinho numa varanda, por exemplo.

Estufa improvisada para semear Amor Perfeito

O ideal é deixar dentro de casa até surgirem os brotinhos. Só depois é que deve ser levado para o sol, mas não em tempo integral. Prefira um local que receba de 4 a 6 horas de sol.

Se a luminosidade for fraca corre-se o risco do brotinho “estiolar”, que é quando o caule fica bem comprido, em busca de luz, e com isso a muda tomba e morre. Para tentar salvar uma muda estiolada, enterre-a mais, até a metade do caule para que fique firme novamente e possa voltar a crescer corretamente – num local mais iluminado, evidentemente.

Estando no outono, se morar no sudeste, sul e uma parte do centro-oeste é provável que o sol esteja mais ameno, então pode deixar a sementeira (ou copinho) no sol direto, protegida de ventos fortes e chuva.

Regue frequentemente para manter a terra úmida, mas não encharcada, pois isso também pode matar os brotos. Prefira usar um borrifador ao invés de regador, para não correr o risco de afundar as sementes.

Se você tampar a sementeira só será preciso regar novamente uma vez por semana, a não ser que você note a terra seca.

Quando as sementes vingarem, pode ser que mais de uma brote, o que não é raro, será preciso escolher a mais forte, senão o espaço pequeno fará mal para as raízes que competirão muito para os poucos nutrientes que dispõem.

Só retire o plástico quando a mudinha chegar quase na altura dele, aí substitua por uma metade de garrafa PET ou outro vidro/plástico (transparente ou branco) grande.

Mudas de Amor Perfeito

Você saberá a hora de plantar no local definitivo, seja direto no canteiro ou em vasos, quando a planta estiver com cerca de 10 a 15 cm de altura e várias folhinhas – como na foto acima.

Aí basta escolher um local ensolarado, que receba pelo menos quatro horas de sol por dia, e uma terra rica em nutrientes, que conseguimos ao misturar: terra vegetal, húmus de minhoca, um pouco de esterco de aves ou de gado (apenas uma parte de esterco para cada cinco partes de terra), além de acrescentar uma parte de húmus de minhoca e um pouco de farinha de osso, que varia de quantidade dependendo do tamanho e número de mudas. Feito isso é só cuidar do seu Amor Perfeito com carinho, protegendo ainda de chuvas e ventos fortes e mantendo o solo úmido, nunca encharcado.

Como ela é cultivada nas estações frias do ano, não será preciso regar abundantemente todos os dias.

Amor Perfeito

Os pulgões podem aparecer para encher o saco. Se isso acontecer borrife óleo de neem, ou água com sabão neutro ou detergente. Essa pulverização pode ser feita preventivamente uma vez por semana, sempre direcionando nas folhas, não nas flores. Pode também umedecer folhas de papel toalha com detergente neutro e retirar os pulgões manualmente.

Outra manutenção necessária é sempre cortar as folhas murchas. Isso vai estimular a planta a produzir novas flores.

Fazendo isso suas mudas permanecerão floridas por vários meses, até próximo a chegada da Primavera.

É isso.

Deixe um comentário